O Instituto do Mundo Árabe

Em pleno coração de Paris, no 5o arrondissement entre a Universidade de Jussieu e o cais Saint-Bernard, foi erguido o Instituto do Mundo Árabe, a "ponte cultural” entre o mundo árabe e a França. 

X
Book your stay
1 Adulto
0-11 anos
0-3 anos
Sem custos para as crianças de menos de 12 anos de idade
Entre em contato com a nossa recepção
para maiores informações
+33 (0)1 43 54 32 17 Custo das ligações locais
l'institut du monde arabe

O Hotel Parc Saint-Séverin convida os seus hóspedes a descobrirem o mundo oriental através da sua arquitetura exterior, com os moucharabiehs até a suas coleções de arte árabe e muçulmana.

 

O lugar

A ideia de criar um Instituto do Mundo Árabe data dos anos 1970 e ganhou vida através de um acordo entre a França e os países membros da Liga Árabe. O objetivo desta instituição é proporcionar o conhecimento do mundo oriental contemporâneo e da civilização árabe e muçulmana, incentivando os intercâmbios culturais, quer seja através da música, da dança, da fotografia ou das artes plásticas. Inclusive, não é por acaso que o estabelecimento publica semestralmente a sua própria revista, Qantara, especialmente voltada para a cultura árabe e cujo nome significa “a ponte”. O Instituto abriga um Museu de Arte Árabe-Muçulmana, seguindo temáticas consagradas à arqueologia, à etnografia, à arte e ao artesanato, assim como à criação contemporânea. Às coleções permanentes somam-se duas vezes ao ano as exposições temporárias. No centro do edifício há um pátio, à imagem dos Jardins da Babilônia. No teto do Museu, o restaurante Zyriab proporciona uma vista inesquecível voltada para a Notre-Dame e a île de la Cité

 

A arquitetura do edifício

Inaugurado em 1987, sob a presidência de François Mitterand, o estabelecimento situado nas proximidades do Hotel Parc Saint-Séverin faz parte do patrimônio universal da modernidade arquitetônica. Ele foi projetado por um conjunto de arquitetos, dentre os quais Jean Nouvel, Gilbert Lezenes, Pierre Soria e a Architecture Studio. Verdadeira síntese das arquiteturas do Oriente e do Ocidente, o monumento é emblemático, com os seus 240 moucharabiehs exteriores. A abertura desses diafragmas segue o sentido do dia, com o amanhecer e o entardecer, criando assim um interessante jogo de luzes no interior, com inspiração nas técnicas fotográficas.

Os favoritos da equipe

Le Réminet
“Este pequeno bistrot, que sugere revisitar a culinária tradicional, apresenta um ambiente cheio de charme, com mesas discretamente posicionadas, seu lustre barroco e um grande espelho”.
3 rue des Grands Degrés – 75005 PARIS
Tél: +33 (0)1 44 07 04 24
Visit the website
L’Atelier Maître Albert
“Este endereço, oferecendo um cardápio assinado por Guy Savoy, é especializado em carnes no espeto”. A grande chaminé ilumina o salão, decorado por Jean-Michel Wilmotte”.
1 rue Maître Albert 75005 PARIS
Tél : +33 (0)1 56 81 30 01
Visit the website